Inscrições do Enem voltam ao normal após falha no sistema do MEC

Candidatos podem se inscrever até esta segunda-feira; 6,1 milhões já se cadastraram para a prova

27 Maio 2013 | 09h43

Uma falha no site de inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira encerrou as inscrições para a prova antes do previsto. O Ministério da Educação (MEC) confirmou que a mensagem "inscrições encerradas" aparecia para os candidatos que tentavam acessar o sistema. O problema foi detectado à meia noite e, segundo o MEC, corrigido em cerca de 15 minutos. Da meia noite à 1 hora desta segunda, 8.237 inscrições foram feitas.

Até a manhã desta segunda-feira, 6,1 milhões de pessoas se inscreveram para o exame, número que passa o total previsto inicialmente pelo MEC, que era de 6 milhões. Termina nesta segunda-feira, às 23h59, as inscrições pela internet para o Exame Enem, que deve ocorrer em 26 e 27 de outubro.

Até a sexta-feira, São Paulo registrava o maior número de inscrições: 809.608. Depois aparecia o estado de Minas Gerais, com 564.401. O Ceará vinha em terceiro, com 393.454, seguido do Rio de Janeiro, com 379.318 candidatos. O novo balanço de inscritos dividido por Estados será divulgado na tarde desta segunda pelo MEC.

Para os candidatos não isentos, a taxa de inscrição, de R$ 35, deve ser paga até o dia 29. Estão isentos os concluintes do ensino médio em 2013, matriculados em escolas da rede pública declaradas ao Censo Escolar da Educação Básica. Também não precisa pagar a taxa o participante com renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio por pessoa.

Mais informações podem ser obtidas em: http://enem.inep.gov.br/

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.