Inscrições abertas para projetos científico-educacionais em Cuba

Financiamento será para bolsas de doutorado-sanduíche e pós-doutorado em instituições cubanas para apoio a pesquisas

Estadão.edu, com informações do MEC,

26 Julho 2012 | 09h47

Grupos de pesquisa de todo país têm até o dia 20 de setembro para apresentar projetos de intercâmbio educacional e científico entre Brasil e Cuba. O edital prevê o financiamento de bolsas de estudos para doutorado-sanduíche e pós-doutorado em instituições cubanas para apoio a pesquisas em todas as áreas do conhecimento.

 As missões de estudos podem ter duração de três meses a um ano e ser realizadas duas vezes ao ano. Para participar, os grupos de pesquisa precisam ser vinculados a um programa de pós-graduação avaliado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação, preferencialmente, com conceitos de excelência 5, 6 ou 7.

Os pesquisadores também precisam fazer a publicação conjunta de artigos técnico-científicos, e o coordenador do projeto, comprovar o título de doutor há pelo menos cinco anos, além de ter a equipe composta por, no mínimo, dois doutores. O grupo também deve se comprometer a formar recursos humanos, entre outros requisitos.

Além da bolsa de estudos, a Capes paga transporte aéreo, diárias, seguro-saúde e auxílio-instalação para as missões aprovadas nos projetos, que podem ser do tipo missão de trabalho ou de estudo. Após a aprovação, os trabalhos podem ser realizados em dois anos, renováveis por mais dois.

O edital também prevê a vinda de doutores e pesquisadores cubanos ao Brasil. O início das atividades dos projetos e a liberação dos recursos estão previstos para janeiro de 2013. Os interessados devem se inscrever e acompanhar o edital na página da Capes (www.capes.gov.br) na internet.

Mais conteúdo sobre:
doutorado intercâmbio capes

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.