Inovação e uso de tecnologia na educação são temas de evento

Palestrantes americanos que participaram do Transformar destacam papel do professor em novos modelos de escola

Carlos Lordelo, Cristiane Nascimento e Luiza Vieira, Especial para o Estadão.edu,

04 Abril 2013 | 20h46

O debate sobre empreendedorismo em educação foi o que mais reuniu participantes do Transformar. O evento, realizado nesta quinta-feira, 4, em São Paulo, também apresentou experiências inovadoras em escolas americanas e abriu espaço para discutir temas como formação de professores e o potencial da adoção de ferramentas tecnológicas para revolucionar a forma como professores ensinam e alunos aprendem.

Mais de mil pessoas participaram do encontro. "Existe uma demanda reprimida da sociedade civil que quer se organizar em prol da educação", afirmou Bernardo Gradin, presidente do Inspirare – entidade que promoveu o evento em parceria com a Fundação Lemann e o portal Porvir.

Pela manhã, o público conheceu projetos como o da escola Quest 2 Learn, de Nova York, onde os alunos aprendem por meio de jogos. "As atividades são produzidas por professores, designers de currículo e designers de games", contou Brian Waniewski, que implantou o projeto.

Os palestrantes ressaltaram a importância do professor na incorporação de métodos inovadores de ensino, como o uso de plataformas de ensino adaptativo e aprendizagem baseada em projetos. "O professor deixa de ser um mero fornecedor de aulas e assume um papel de assegurador de aprendizagem", disse Claudia Costin, secretária municipal de Educação do Rio.

A necessidade de mudar marcos regulatórios para abrir espaço para a inovação também foi citada. "Precisamos comprovar a eficácia de cada trabalho. É um processo árduo", disse Seth Schoenfeld, do Departamento de Educação de Nova York.

Para Maria do Socorro Dantas, da Escola Estadual Alfredo Magalhães, da Bahia, a insegurança dos professores também é outro obstáculo. "Precisamos de exemplos como os que vimos hoje (ontem) para mostrar a eles que pode dar certo e motivá-los, pois não adianta forçá-los a adotar novas tecnologias. É preciso engajá-los."

O Transformar terminou com a conferência de Anant Agarwal, presidente do edX – plataforma criada por Harvard e MIT para oferta de cursos online de acesso gratuito.

Mais conteúdo sobre:
transformar evento tecnologia educação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.