Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Ingresso em ensino superior vai além do domínio acadêmico

No ensino médio, há desafios provenientes do desenvolvimento socioemocional inerente à transição para a vida adulta

Quézia Bombonatto, O Estado de S. Paulo

23 Fevereiro 2015 | 08h42

Ingressar na universidade vai muito além do domínio de conteúdos acadêmicos. No ensino médio, o jovem experimenta vários desafios provenientes do desenvolvimento socioemocional inerente à transição da adolescência para a vida adulta. Essas experiências serão importantes quando confrontadas com as exigências da vida universitária.

Esses fatores mostram que o aluno universitário necessita estar preparado não só academicamente, mas emocionalmente para que as exigências da adaptação ao curso superior estimulem seu processo de aprendizagem e não gerem consequências negativas. Essa análise deve levar em conta o ingresso à vida acadêmica, mas também a saída dela.

Se, por um lado, o grau de incertezas quanto à aquisição dessas habilidades por parte de um jovem que suprimiu passos importantes nesse caminhar é enorme, por outro, não menores são as incertezas quanto ao processo de qualificações para sair de uma universidade. Não se trata simplesmente de lhe conferir um grau ou um diploma universitário, mas, sim, atestá-lo suficientemente apto para o exercício de uma profissão em sua plenitude. Assumindo, assim, todas as responsabilidades sociais, éticas, civis e de todas as demais ordens que disso decorrem. 

Estaria um jovem de 20 anos, já formado em Medicina, por exemplo, apto a lidar com questões que vão além dos conhecimentos da literatura científica e que envolvem aspectos de maturidade mental, emocional e social? Estaria também a sociedade disposta a se expor a um profissional que possa, eventualmente, não ter tido oportunidades de desenvolver essas potencialidades ao máximo e, portanto, não ter atingido seu nível de excelência pessoal?

QUÉZIA BOMBONATTO É PROFESSORA, PSICOPEDAGOGA, TERAPEUTA FAMILIAR E DIRETORA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOPEDAGOGIA

Mais conteúdo sobre:
Educação Ensino superior

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.