Inep divulga gabarito oficial do Enade 2012

Estudantes de cursos superiores fizeram a prova no último domingo

Estadão.edu,

29 Novembro 2012 | 09h45

O gabarito do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), aplicado no domingo, 25, foi publicado na tarde desta quarta-feira, 28, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Mais de 469 mil estudantes de cursos superiores fizeram a prova.

Os estudantes que perderam o exame terão entre 28 de novembro e 11 de janeiro de 2013 para apresentarem seu pedido de dispensa da prova, obrigatória para conseguir o certificado de conclusão do curso superior. O pedido será analisado na própria instituição de ensino e, caso seja indeferido, o estudante poderá, entre 12 e 31 de janeiro de 2013, solicitar a dispensa diretamente no site do Inep.

O Estado com maior número de inscritos foi São Paulo (160.197). Em seguida vieram Paraná (65.040), Minas (54.718), Rio (51.580) e Rio Grande do Sul (37.371).

São considerados alunos concluintes aqueles que tenham expectativa de se formar até julho de 2013 ou que tenham cursado mais de 80% da carga horária mínima do currículo até o período da inscrição. A participação na prova é obrigatória e a responsabilidade de inscrever os estudantes é das instituições de ensino. Quem não comparecer ao exame, sem amparo no critérios de dispensa previstos nas portarias que regulamentam o Enade, fica em situação irregular e não poderá concluir a faculdade.

O exame é utilizado pelo MEC para medir a qualidade de cursos e instituições de ensino públicas e particulares do País. Nesta edição do Enade serão avaliados os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social, Design, Direito, Psicologia, Relações Internacionais, Secretariado Executivo e Turismo. Também serão examinados alunos dos cursos superiores de tecnologia das áreas de Gestão Comercial, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Logística, Marketing e Processos Gerenciais.

Cada curso é avaliado de três em três anos. Os resultados do exame são utilizados em atividades de regulação do ensino superior pelo MEC, como a elaboração de conceitos e indicadores de qualidade de instituições de ensino e de seus cursos.

Mais conteúdo sobre:
Enade

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.