Inep divulga gabarito do Enem 2016

Prova foi aplicada no fim de semana passado, dias 5 e 6 de novembro

O Estado de S. Paulo

09 Novembro 2016 | 10h28

O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira, 8, o gabarito das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizadas no fim de semana passado, dias 5 e 6. Há quatro gabaritos, relativos às provas amarela, branca, rosa e azul, para cada dia. Clique aqui para conferir.

O Enem deste ano foi cercado de polêmicas. O Ministério da Educação (MEC) decidiu adiar a prova dos alunos que fariam o exame em escolas ocupadas por estudantes que protestam contra a reforma do ensino médio proposta pelo governo federal e contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita os gastos públicos nos próximos 20 anos. Ao todo, 271.033 estudantes terão que fazer o Enem nos dias 3 e 4 dezembro.

No primeiro dia do Enem, sábado passado, alunos inscritos em duas escolas, uma em Brasília e outra no Pará, receberam avisam de que fariam o exame em outra data, mas a escola estava aberta e aplicou a prova para quem foi até o local. O Inpe atribuiu o erro a uma falha de comunicação e garantiu que os alunos que fizeram a prova terão o exame corrigido e quem não apareceu poderá fazê-lo em dezembro.

No domingo, a Polícia Federal prendeu 11 pessoas suspeitas de tentar fraudar o Enem. Há suspeitas de que o gabarito e o tema da Redação tenham vazado. Nesta terça-feira, a secretária-executiva do Ministério da Educação (MEC), Maria Helena de Castro, descartou a possibilidade de cancelar a redação por suspeita de vazamento do tema. "Não há risco de cancelamento da prova nem da Redação. A situação está muito circunscrita", disse Maria Helena. 

Segundo a secretária-executiva do MEC, os casos revelados pela Polícia Federal, que no último domingo prendeu suspeitos que teriam tido acesso ao tema da Redação, estão sendo averiguados. "As informações que nós temos é que não houve vazamento."

Mais conteúdo sobre:
Inep

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.