Idesp aponta evolução em 80,8% das escolas estaduais

O Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo (Idesp) de 2008 aponta que 80,8% das escolas estaduais evoluíram e 71,4% atingiram alguma ou todas as metas estipuladas. Os resultados foram divulgados nesta quarta-feira, 18, pela Secretaria de Estado da Educação.

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

18 de março de 2009 | 11h30

 

Veja também:

link Idesp aponta melhora no desempenho dos alunos

 

De acordo com a secretaria, pela primeira vez foi possível a comparação do indicador entre dois anos, 2007 e 2008. O Idesp estipula ano a ano metas que as escolas estaduais paulistas devem alcançar.

Cada uma das 5.183 escolas passíveis de avaliação ganhou, já no ano passado, um índice para 2007 e metas a serem alcançadas. Além de 2008, as escolas têm metas para todos os anos, ou seja, 2009, 2010, 2011 etc.

 

Para criar o índice de qualidade, o Idesp, a secretaria considerou dois critérios: o principal resultado de desempenho dos alunos no Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) e o fluxo escolar (taxa de aprovação média em cada ciclo) em cada nível de ensino das escolas. A escola tem um Idesp para cada ciclo. Ou seja, a escola que tem três ciclos (1ª a 4ª, 5ª a 8ª e Ensino Médio) tem três índices, três metas.

 

Das 5.183 escolas avaliadas, 80,8% melhoraram em todos ou em algum dos ciclos que oferece (1ª a 4ª, 5ª a 8ª e Ensino Médio): 71,4% atingiram ou superaram suas metas em algum ou todos os ciclos e 9,4% evoluíram sem atingir metas.

 

O Idesp 2008 aponta que a Educação de São Paulo avançou especialmente no Ensino Médio, fase que antecede a entrada dos alunos no ensino superior: 88,2% das escolas evoluíram, sendo que 84,4% chegaram ou superaram a meta e 3,8% cresceram sem chegar à meta.

 

De 5ª a 8ª do Ensino Fundamental o resultado mostra que 55,8% das escolas melhoraram de desempenho: 44,8% atingiram ou superaram a meta e 11% cresceram sem chegar à meta. Já de 1ª a 4ª do Ensino Fundamental 51% das escolas avançaram: 40,5% cumpriram ou superaram a meta e 10,5% avançaram sem bater a meta.

 

"O número de escolas que atingiram metas é animador. Há muito trabalho a ser feito, ainda temos um longo caminho para chegarmos a níveis de Educação dos países mais evoluídos do mundo. Mas São Paulo mostra que está no caminho certo, que os projetos para melhorar a aprendizagem vêm dando resultado", afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.

 

"É fundamental destacar o trabalho dos professores, diretores, supervisores, enfim, de todos educadores. A rede estadual mostra que tem profissionais qualificados e dispostos a mudar os resultados da educação", diz a secretária.

 

Evolução das escolas com Idesp mais baixo - No ano passado a Secretaria resolveu aprimorar o trabalho das 379 escolas que tiveram os piores desempenhos no Idesp. Elas equivalem a 5% de escolas com pior resultado em 2007. O Idesp de 2008 mostra extrema evolução destas unidades.

 

No Ensino Médio, 99,4% cumpriram ou superaram suas metas. De 5ª a 8ª, 82,4% atingiram ou superaram suas metas e 8,65% evoluíram sem atingir metas. De 1ª a 4ª, 72% cumpriram ou superaram as metas e 8,6% cresceram sem atingir metas.

 

Divulgação dos resultados - A Secretaria de Estado da Educação disponibiliza nesta quarta os boletins de todas escolas no site. O objetivo é que, além de educadores da rede, a sociedade paulista possa verificar o resultado da escola de seu interesse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.