Hospitais nos EUA têm vagas para enfermeiros brasileiros

Estão em oferta mais de 100 mil vagas para enfermeiros em diversos hospitais norte-americanos, e os profissionais brasileiros têm ótimas chances de preenchê-las. Segundo a Workusa, empresa de Recursos Humanos internacionais e de consultoria de vistos, profissionais com nível superior conseguem obter uma vaga com relativa facilidade.?Mas são poucos os brasileiros interessados ou conhecedores dessa possibilidade?, afirma Márcio Ferreira, presidente da empresa. São escassas no Brasil as informações sobre estas oportunidades naquele país. Ele pretende lançar em breve um manual para enfermeiros graduados que pretendem trabalhar nos Estados Unidos.CertificadosO manual conterá informações sobre os certificados necessários e as formas de obtê-los. Ferreira conta que existe um teste brasileiro, realizado três vezes por ano, que possibilita o trabalho na área, mas com salário mais baixo, de US$ 25 a US$ 35 por hora. Com o certificado americano, oferecido aos enfermeiros mediante teste semanal, o salário pode pular para cerca de US$ 45 por hora.De acordo com Ferreira, para trabalhar nos EUA o enfermeiro tem um gasto inicial com certificado e visto especial que varia de US$ 550 a US$ 600. ?Mas o valor é reembolsado pelos hospitais após a contratação.?Experiência e línguaAlém do certificado de conclusão do ensino superior em enfermagem, diz o presidente da Workusa, o interessado deve ter, no mínimo, quatro anos de experiência na área. Menos tempo de experiência torna muito mais difícil a contratação.Outra dificuldade para os profissionais que querem atuar nessa área nos EUA está na necessidade de conhecimentos de inglês. Os testes brasileiros e norte-americanos aceitos nos EUA são aplicados nessa língua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.