Hora certa de fazer MBA

Curso exige intensa dedicação dentro e fora da sala de aula

Carlos Lordelo, do Estadão.edu,

31 Janeiro 2012 | 02h34

Antes de se matricular num MBA, pergunte-se se este é o melhor momento de sua vida para encarar um curso que exige intensa dedicação dentro e fora da sala de aula. Além do lado financeiro, aspectos pessoais e profissionais devem ser bem avaliados.

 

O aluno do MBA Executivo do Insper César Augusto Oliveira, de 46 anos, amadureceu a ideia de fazer o curso por quase dois anos. “A parte mais delicada foi convencer minha esposa, ainda mais porque tivemos um filho logo antes do início das aulas”, diz o arquiteto.

 

Na empresa, César foi liberado pelo chefe para sair uma hora mais cedo nos dias de curso. “Às vezes, precisava finalizar relatórios na lanchonete do Insper”, conta. Hoje ele está numa companhia concorrente, ganha mais e trabalha em seu home office.

 

Para fazer um MBA, o interessado deve ter concluído a graduação e acumular experiência gerencial mínima de 3 anos. Também é necessário saber ler em inglês e, mais importante, ter tempo para estudar. “Para cada hora de aula, deve haver uma contrapartida de 2 a 3 horas de estudo individual ou em grupo”, afirma VanDyck Silveira, presidente do Grupo Ibmec.

 

Conhecer a escola, suas certificações e o desempenho em rankings como o do jornal Financial Times são outras dicas dos especialistas. Vale ainda conversar com ex-alunos do MBA para saber os pontos positivos e negativos do programa e a relação com a instituição após o curso.

 

Depois de todo esse planejamento, é a hora da matrícula. “Se o MBA for de qualidade, o aluno pode esperar discussões ricas em sala, fortalecer o networking e construir um relacionamento com a escola que vai garantir oportunidades profissionais mesmo depois do curso”, diz o coordenador de MBA do Insper, Silvio Laban.

Mais conteúdo sobre:
MBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.