Beto Barata/AE-13/9/2011
Beto Barata/AE-13/9/2011

Haddad acusa professores do Ceará de copiar e distribuir questões do Enem

Ministro dá a 1ª entrevista após a anulação de exame de 639 alunos do Colégio Christus, que antecipou perguntas em ‘simulado’

Sergio Pompeu, Estadão.edu

27 Outubro 2011 | 20h50

* Atualizada às 22h

 

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse nesta quinta-feira ter “fortes indícios” de que professores do Colégio Christus, de Fortaleza, copiaram e distribuíram a alunos dez dias antes do Enem questões que caíram na prova. Haddad afirmou que a decisão anunciada ontem de anular as provas de 639 alunos da escola visa a garantir a “isonomia” do Enem, mas rejeitou a hipótese de cancelar, para todos os candidatos, as questões antecipadas na íntegra.

 

O Ministério Público Federal no Ceará pediu hoje a anulação de questões do Enem – segundo o Ministério da Educação, 9 delas foram antecipadas na íntegra pelo Colégio Christus, de Fortaleza. O próprio colégio defendeu isso, alegando que o responsável pelo sigilo da prova é o governo e os alunos foram punidos. Há hipótese de anular essas questões?

 

Vamos sustentar outra tese. A de que há indícios muito fortes de uma ação delituosa, que favoreceu um grupo de estudantes que não concorreu para o evento. Ninguém aqui considera que os estudantes tenham tomado parte nessa ação. Receberam o material, sem saber do que se tratava. Não se trata de punição. O que se busca é resgatar a isonomia das condições de acesso ao ensino superior.

 

Quais são esses indícios?

 

Hoje sabemos que essa escola foi sorteada para o pré-teste de 2010. E o material divulgado pela escola é a reprodução fiel de 2 dos 36 cadernos de pré-testes aplicados em outubro de 2010. Aquilo que a própria escola reconhece que divulgou para os alunos não são itens quaisquer, são dois cadernos de pré-teste. Não são itens memorizados aleatoriamente nem colhidos do mundo virtual.

 

Vem daí sua convicção? Ou já se avançou mais na investigação de quem pode ter conseguido ou distribuído as questões?

 

Temos depoimentos de estudantes dizendo que receberam (o “simulado”) da mão de professores da escola, que até mesmo recomendaram sigilo em relação ao material, em virtude do seu potencial de auxílio no exame. Estão chegando até nós, pelo 0800, com nome, CPF, depoimentos de alunos do colégio.

 

Para olhar o copo meio cheio, pelo menos o número de estudantes prejudicados tem caído ano a ano no Enem....

 

(Risos) O Enem precisa é ter um antídoto contra uma ação dessa natureza. Este é o terceiro episódio. Dois estão comprovados. No de 2009 (de vazamento da prova) já existe pena para o criminoso. No da fiscal de 2010, que passou o texto-base da redação para o filho, o processo criminal corre. E com o de agora seguirá na mesma linha.

 

Explique melhor para as pessoas o que é o pré-teste.

 

É o mecanismo pelo qual eu consigo atribui a cada questão um grau preciso, numérico, de dificuldade. A TRI (Teoria da Resposta ao Item, modelo matemático usado no Enem) pressupõe o pré-teste, para que provas diferentes sejam comparáveis entre si, aplicáveis até em dias diferentes. É praticamente uma prova por indivíduo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.