Greve suspende matrículas do Sisu no Ceará

Suspensão durará até o fim da greve dos servidores técnico-administrativos

Lauriberto Braga, especial para O Estado de São Paulo,

29 Junho 2012 | 12h59

FORTALEZA - A Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Instituto Federal de Educação do Ceará (IFCE) resolveram nesta sexta-feira, 29, suspender a matrícula dos aprovados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2012 para o segundo semestre. A matrícula está suspensa até o fim da greve dos servidores técnico-administrativos. Os poucos candidatos que compareceram aos câmpus para efetuar a matrícula foram informados da suspensão da primeira chamada da matrícula. Não houve tumulto.

Através de nota oficial o pró-reitor de Graduação da UFC, professor Custódio Silva de Almeida informou que "o comando de greve dos servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Ceará decidiu não permitir a execução da matrícula da primeira chamada dos candidatos aprovados no SiSU 2º/2012, atendendo orientação nacional da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (FASUBRA).".

A nota destaca ainda que a "Pró-Reitoria de Graduação constatou a impossibilidade de realização da matrícula no Campus do Pici, às 8h30min da manhã desta sexta-feira, 29". Com isso a UFC "resolveu suspender o processo de matrícula, até que seja possível fazê-lo com tranquilidade e segurança para os candidatos".

Segundo ainda a nota da UFC, "os estudantes selecionados para essa primeira chamada do SiSU 2º/2012 podem ficar tranquilos, pois suas vagas estão garantidas". O pró-reitor finaliza a nota informando que "a matrícula deverá ocorrer assim que o impasse for resolvido pelo Ministério da Educação". A Pró-Reitoria de Graduação da UFC orienta os candidatos a ficarem consultando informações atualizadas sobre o Sisu através do site: www.prograd.ufc.br/sisu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.