Governo anuncia nova unidade da Fatec em SP

O governo estadual quer erguer unidade da Fatec na zona sul da cidade de São Paulo e os projetos começam com a instalação de uma Escola Técnica Estadual (ETE). Segundo Marcos Monteiro, diretor superintendente do Centro Paula Souza, que administra as 14 Fatecs e as ETEs paulistas, a escola deve ser construída no bairro de Santo Amaro, em um terreno perto do Largo 13 de Maio. "O buraco na zona sul com relação ao ensino profissional é grande", diz Monteiro. Segundo estimativas da comunidade, a demanda de alunos em idade universitária na região é de cerca de 30 mil. As escolas técnicas atendem estudantes que estão cursando ou que já terminaram o ensino médio, o mesmo público que procura pelas faculdades. "A idéia é começar com a ETE e depois caminhar para o ensino superior." Monteiro explica que, assim como ocorreu na zona leste da mesma capital, a previsão era de que a escola técnica fosse bancada pelo governo federal e a Fatec, pelo estadual. Por falta de recursos financeiros, o Ministério da Educação suspendeu todos os convênios iniciados no governo passado para expansão da educação profissional, o que inclui a ETE na zona sul.Segundo o secretário do Ensino Médio e Tecnológico do MEC, Antonio Ibañez, o orçamento para 2003 era de cerca de R$ 40 milhões e os projetos custariam R$ 260 milhões. "Em junho, vamos reavaliar e ver se há possibilidade de reconsiderar alguns casos." "O governador disse que, se o MEC não pagar, o Estado vai fazer a ETE na zona sul com recursos próprios", disse Monteiro. Nesse caso, os projetos para a Fatec - que previam a instalação da faculdade para 2004 ou 2005 - sofrerão atraso. "A zona sul paulistana tem mais de 4 milhões de habitantes sem nenhuma instituição pública de ensino superior", diz o deputado estadual Ênio Tatto (PT). Ele integra um grupo de parlamentares recém-formado para incentivar a criação de faculdades públicas na região. Os pedidos incluem até a abertura de um campus da USP. Outro defensor da idéia, o vereador Carlos Giannazi (PT) entregou recentemente ao ministro da Educação, Cristovam Buarque, documento com o pedido de construção de uma unidade da Unifesp em Interlagos. O projeto, no entanto, ainda precisa ser detalhado e enviado formalmente ao MEC.

Agencia Estado,

02 de junho de 2003 | 14h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.