Governo anuncia liberação de R$ 47,6 milhões para reforma de hospitais universitários

Os recursos são oriundos do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais

Agência Brasil,

13 de setembro de 2012 | 09h30

O governo federal autorizou nesta quinta-feira, 13, a liberação de R$ 47,6 milhões para a reforma de cinco hospitais universitários em São Paulo (SP), Fortaleza (CE), Rio Grande (RS) e Dourados (MS). Os recursos são oriundos do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) para reformas e modernização do parque tecnológico.

Os hospitais universitários beneficiados são o da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), duas unidades vinculadas à Universidade Federal do Ceará (UFC), além da Fundação de Apoio ao Hospital de Ensino de Rio Grande, no Rio Grande do Sul e da Universidade Federal Grande Dourados, em Mato Grosso do Sul.

A portaria assinada pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, está publicada na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União, na Seção 1. O texto da Portaria nº 1.979 pode ser obtido no site da Imprensa Nacional.

As instituições que receberão as maiores parcelas são as vinculadas à UFC, com um total de mais de R$ 33 milhões. Os recursos serão aplicados em reformas na Maternidade Escola Assis Chateaubriand e no Hospital Universitário Walter Cantídio, em Fortaleza, capital cearense.

Para o Hospital São Paulo, vinculado à Unifesp, serão repassados R$ 8,5 milhões, enquanto para o Hospital Universitário Professor Miguel Riet Correa Júnior, no Rio Grande do Sul, irão R$ 3,3 milhões. O Hospital Universitário Grande Dourados, em Mato Grosso do Sul, receberá R$ 2,4 milhões.

No mês passado, o governo liberou recursos para a reforma de 28 hospitais universitários do país. Os hospitais universitários são centros de formação de recursos humanos e de pesquisa. Neles, há programas de educação continuada para a atualização técnica aos profissionais de todo o sistema de saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde, a prestação de serviços à população pelos hospitais universitários leva ao aprimoramento do atendimento e à elaboração de protocolos técnicos para os diversos tipos de doenças no Sistema Único de Saúde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.