Estadão
Estadão

Gestão de negócios rock’n’roll

Sucesso do festival e da marca Rock in Rio inspira curso que mostra como se faz o evento, da concepção ao espetáculo

Camila Santos, O Estado de S. Paulo

30 Agosto 2015 | 03h00

Em 1985, a capital fluminense foi palco da primeira edição do Rock in Rio. Trinta anos depois, o festival se espalhou por outras cidades do mundo e será realizado no Brasil pela sexta vez, em setembro. Em torno de 7,4 milhões de pessoas já prestigiaram apresentações de artistas como Queen, AC/DC, Ozzy Osbourne, Guns N’Roses, Barão Vermelho, Gilberto Gil e Paralamas do Sucesso. A complexidade de gerir um evento dessa proporção satisfatoriamente estimulou a elaboração do curso de gestão de negócios Rock in Rio Academy, desenvolvido em parceria com a HSM Educação Executiva.

“O Rock in Rio é um projeto de puro empreendedorismo”, afirma a vice-presidente do Rock in Rio, Roberta Medina. Além disso, ela acredita que iniciativa virou referência pela inovação de conteúdo e pela expansão como modelo de negócio. 

De acordo com a vice-presidente, o programa é destinado principalmente a quem ocupa cargos de gerência. Contudo, nada impede a participação de jovens estudantes interessados em desenvolver estratégias com excelência, tendo maior atenção aos detalhes. “O perfil do curso contribui de maneira abrangente para o aprendizado daqueles que frequentarem as atividades.” 

O fato de o Rock in Rio Academy contar com a colaboração de artistas que vivenciam a dinâmica musical auxilia na compreensão do trabalho de gestão de talentos, segundo Roberta. “O interessante dessa perspectiva é poder explicar como é feita a preparação individual para a concretização de um produto final satisfatório.” A lista de palestrantes convidados que compõem o curso inclui Evandro Mesquita, Luiz Calainho e Rogério Flausino, entre outros nomes que atuam tanto na HSM como no Rock in Rio. 

“Construímos o projeto com base no interesse dos gestores de grandes organizações brasileiras em entender o sucesso por trás dessa marca mundial”, conta o presidente da HSM Educação Executiva, Rivadávia Drummond.

Em três etapas. O executivo comenta que a atividade é conduzida com ferramentas aplicadas para transformar desejos em realidade, por meio da execução de três pilares: do sonho à estratégia, excelência em execução e vivendo a experiência Rock in Rio.

“Na etapa inicial do curso, tentamos compreender como é o modelo de negócio e, com base nesse ponto, tratamos de dois fatores comuns ao festival: comunicação e experiências propiciadas aos visitantes.” 

O segundo módulo apresenta os meios para se tornar efetivo o que foi programado. “O Rock in Rio consegue realizar o modelo que defende de forma diferenciada, única, divertida e engajadora.” Portanto, esse ciclo aborda os dilemas das organizações quanto às particularidades relacionadas à execução do que é planejado. 

Por fim, a terceira fase leva os participantes do curso para a Cidade do Rock. “O objetivo é fazer com que os gestores estejam no lugar onde o processo todo ocorre.” Durante essa etapa, eles conhecem os bastidores da construção do Rock in Rio e encontram com o fundador do festival, Roberto Medina. 

SERVIÇO

Rock in Rio Academy by HSM Educação Executiva

Quando: 22/9, das 9 horas às 20h30, na Cidade do Rock 

Custo: R$ 1.990 (para inscrições até amanhã) e R$ 2.190 (entre 1º e 21/9), com acesso ao gramado em um dia da segunda semana do festival (24, 25, 26 ou 27/9; à escolha do participante).

Para quem quiser ir também à área VIP, o curso custa R$ 2.550 (até amanhã) e R$ 2.750 (entre 1º e 21/9) - essa opção é válida apenas para ida ao festival em 24 de setembro

Site: rockinrioacademy.com.br

Mais conteúdo sobre:
Rock in Rio Educação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.