Gastos das universidades paulistas terão regras próprias

As universidades estaduais paulistas (USP, Unicamp e Unesp) deverão ganhar regras próprias no Siafem, sistema informatizado de controle de gastos públicos. A informação foi dada pelo secretário do Ensino Superior, José Pinotti, aos reitores. As universidades temiam perder autonomia - em teoria, teriam de pedir autorização ao governo antes de remanejar verbas, como todo órgão público. Com as regras especiais, elas deverão ter total liberdade financeira. Pinotti disse que ainda não há prazo para que as universidades integrem plenamente o Siafem.

Agencia Estado,

12 de fevereiro de 2007 | 18h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.