Fuvest teve prova clássica de física. Quinta é dia de matemática

Depois da ousadia com questões heterodoxas em várias provas, a Fuvest retomou sua tradição no exame de ontem. "A prova de física foi clássica", disse o professor da disciplina no curso Objetivo, Newton Villas Boas. Como de costume, houve predominância de questões sobre mecânica e eletricidade. Este foi o único exame da segunda fase da Fuvest ontem, que termina nesta quinta-feira com as perguntas de matemática. "Não entrou nada que não estivesse no programa do ensino médio. É difícil um bom aluno deixar de fazer alguma questão", afirmou Villas Boas. O professor de física do curso Etapa Marcelo da Fonseca lembrou ainda que as perguntas exigiam basicamente raciocínio. Prova disso foram as várias fórmulas e outras informações fornecidas em cada questão. Outra tradição nos exames de física que se manteve foi a contextualização da disciplina, ou seja, as perguntas foram apresentadas sempre com uma "historinha". Um exemplo foi a questão que mencionava alienígenas que queriam visitar a Terra e pedia aos vestibulandos que calculassem a velocidade das naves espaciais. Esse foi o quarto dia de prova, realizada por 11.799 candidatos. O índice geral de ausentes foi de 8,12%. No ano passado, a abstenção tinha sido de 7,1%. Hoje, estão convocados para a prova de matemática 10.965 vestibulandos. O exame será às 13 horas. Durante a segunda fase da Fuvest, alguns alunos realizaram também provas de aptidão ou habilidades específicas, que só acabam amanhã. Candidatos aos cursos de Artes Cênicas, Audiovisual, Educação Física, Esporte e Arquitetura são os que precisam passar por esses exames. A primeira lista de aprovados da Fuvest sairá no dia 5. Serão 8.711 convocados, que deverão fazer suas matrículas nos dias 10 e 11. Este ano, devem ser divulgadas até nove chamadas, para que sejam preenchidas todas as vagas da Universidade de São Paulo (USP), Santa Casa e Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Acompanhe a cobertura e a correção da Fuvest

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.