Fuvest termina nesta sexta a correção da 2ª fase

Para diretora-executiva da Fuvest, novo formato do vestibular foi aprovado; número de pessoas para corrigir prova dobrou

Paulo Saldaña, Especial para o Estadão.edu

22 Janeiro 2010 | 10h52

A correção das provas da segunda fase do vestibular da Fuvest deve ser finalizada nesta sexta-feira. O exame foi realizado pelos vestibulandos entre os dias 3 e 5 de janeiro.   A Fuvest estreou este ano um novo modelo de vestibular, com três dias de provas dissertativas aplicadas a todos os 37.968 convocados para a segunda etapa - com exceção das carreiras da Academia de Polícia do Barro Branco. De acordo com a diretora-executiva da Fuvest, Maria Thereza Fraga Rocco, o trabalho foi mais pesado que nos anos anteriores. Para dar conta do trabalho, a Fuvest dobrou o número de corretores. Ao todo, são 400  responsáveis pela correção das provas - um amontoado de mais de 800 mil folhas a serem corrigidas.   O processo é realizado dentro do prédio da sede Fuvest, por medidas de segurança. Para aproveitar o espaço, os professores se revezam em turnos de 8 e 6 horas.   A diretora-executiva da Fuvest se disse feliz com a primeira edição do novo formato do vestibular. "Foi tudo muito bem, não houve problemas. Dentro do possível, eu daria nota 10 ao processo", afirma Maria Thereza, referindo-se tanto à aplicação da prova quanto à correção.   Expectativa A Fuvest divulga a lista de aprovados no dia 4 de fevereiro, mesmo dia em que sai a relação da Unicamp. Os aprovados da Unesp serão conhecidos já na semana que vem, dia 29 de janeiro.

Mais conteúdo sobre:
pontoedufuvestcorreçãoprovas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.