Fuvest: maioria dos aprovados é branca e terá ajuda dos pais

A maioria dos convocados para a matrícula na primeira chamada da Fuvest estudou em escola particular, declara-se branca e espera contar com a ajuda financeira dos pais para se manter durante o curso universitário. Segundo estatísticas divulgadas no website da Fuvest, a partir de um questionário sócio-econômico preenchido pelos candidatos ao vestibular, dos aprovados para a primeira chamada 73% fizeram o segundo grau somente em escola particular, enquanto que 18,5% estudaram em escola pública. Ao responder à questão "Entre as alternativas abaixo, qual sua cor?", 77,5% dos candidatos que acabaram aprovados no vestibular se declararam brancos, 10,8%, amarelos, 9,8%, pardos, 1,3%, pretos e 0,3%, indígenas. Sobre a forma como pretendem se manter durante o curso, 31,8% contarão somente com o sustento dos pais; 38,5% pretendem usar a renda do trabalho, complementada por ajuda da família; e 9,8% contarão apenas com o próprio trabalho.Quanto ao uso da internet, 66,2% dos candidatos aprovados dizem que acessam a rede freqüentemente; 30,9%, apenas de vez em quando e 2,8%, não acessam e internet.

Agencia Estado,

15 de fevereiro de 2006 | 18h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.