Fuvest inicia inscrições para programa de avaliação seriada

O Pasusp é destinado aos alunos da rede públia estadual e bônus de até 12% na nota final da Fuvest

O Estado de S. Paulo,

31 de julho de 2008 | 19h51

Estudantes do ensino médio da rede pública estadual poderão se inscrever, entre 11 e 22 de agosto, para a Programa de Avaliação Seriada da USP (Pasusp), que oferece bônus de até 12% na nota final da Fuvest.  O programa, uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação e a USP, tem como objetivo favorecer o ingresso de alunos das escolas estaduais na universidade. A mudança no mais concorrido vestibular do País foi aprovada no fim de março e representa a segunda etapa de um programa de inclusão da USP, o Inclusp. A pré-inscrição gratuita poderá ser feita nas escolas onde os estudantes estão matriculados. A prova será aplicada pela Fuvest no dia 19 de outubro, em escolas públicas localizadas em 5 regiões da capital e em 44 cidades do Estado. O benefício já vale para o vestibular deste ano. O aluno será avaliado com base no currículo da rede estadual. Neste primeiro ano, a prova será destinada aos estudantes do 3º ano que também tenham cursado o 1º e o 2° ano do ensino médio regular em escolas públicas do Brasil. A partir de 2010 e 2011, o Pasusp será implantado progressivamente nas outras séries. O desempenho do aluno na prova vai representar um bônus de até 3% na nota do vestibular, índice que deve aumentar quando forem incluídos os alunos do 1º e 2º ano. Além disso, candidatos oriundos de qualquer escola pública do Brasil receberão um acréscimo de até 6% em suas notas, conforme seus resultados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O exame, feito pelo Ministério da Educação (MEC), já dá pontos adicionais na Fuvest para todos os concorrentes, medida que não será alterada. Com os outros 3% que já são dados desde 2006, a vantagem pode chegar a 12%. A participação dos alunos no programa será voluntária.

Tudo o que sabemos sobre:
fuvestuspsão pauloeducação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.