Fuvest inclui questões interdisciplinares no vestibular

O vestibular da Fuvest não deverá ser mais dividido entre as disciplinas do ensino médio, como português, matemática, biologia. A mudança faz parte também do programa anunciado no mês passado pela Universidade de São Paulo (USP) e que inclui ainda questões interdisciplinares. Ontem, a pró-reitora de Graduação da USP, Selma Garrido Pimenta, deixou claro que o conceito do exame mudou e que o que importa agora é avaliar os conhecimentos gerais do candidato.?Vamos passar a cobrar raciocínio e uma postura crítica com relação ao conhecimento e não acúmulo de informações. A forma como o vestibular era feito até agora não dá certo?, afirmou. A pró-reitora, no entanto, não informou quantas questões de cada disciplina e quantas interdisciplinares haverá na prova. ?Isso não importa. O bom aluno saberá se aquela questão é de matemática ou se é interdisciplinar?, respondeu aos jornalistas que pediam um detalhamento do projeto, chamado Inclusp, que prevê ainda 3% de bônus na nota de alunos que cursaram o ensino médio na rede pública. O manual do candidato da Fuvest, que costuma conter todas as regras do vestibular, deve começar a ser impresso neste mês. Apesar da insistência dos jornalistas, Selma não esclareceu se os vestibulandos receberão a informação sobre o número de questões de cada disciplina no manual. A pró-reitora apenas confirmou que neste ano serão 90 perguntas de múltipla escolha, em vez das 100 que faziam parte da primeira fase até 2005. O programa com as matérias que podem ser exigidas no exame continuará o mesmo, assim como a duração de cinco horas para a realização da prova.?Essa indefinição de informações prejudica a transparência do vestibular e deixa os alunos ansiosos?, diz o coordenador do Etapa, Carlos Eduardo Bindi. Para ele, no entanto, apesar das incertezas, a Fuvest não deve ?surpreender de maneira ruim? os candidatos com uma prova completamente diferente do que tem feito. ?Não sei o que esperar do vestibular. Queria saber, pelo menos, quantas questões interdisciplinares vai ter?, reclama a estudante Talita Samanta Sene, de 18 anos, que vai se candidatar a uma vaga em Relações Internacionais. Segundo a coordenadora do Objetivo, Vera Lúcia Antunes, é preciso tranqüilizar os alunos e deixar claro que eles precisam continuar estudando da mesma maneira todas as disciplinas. Ela conta que o cursinho, porém, já aumentou o número de questões interdisciplinares cobradas em simulados. A primeira fase da Fuvest será no dia 26 de novembro. O manual do candidato começa a ser vendido em 7 de agosto e as inscrições serão nos dias 10 e 17 de setembro.

Agencia Estado,

08 de junho de 2006 | 13h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.