Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Fuvest divulga protocolos de segurança; candidato infectado pela covid não deve fazer prova

Primeira fase do processo seletivo da USP ocorre em 10 de janeiro; uso de máscara será obrigatório

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2020 | 18h26

Além da divulgação dos locais de provas dos candidatos do Vestibular 2021, a Fuvest estabeleceu protocolos de segurança contra a disseminação da covid-19 durante a primeira fase de avaliações, que ocorre em 10 de janeiro. 

Além da utilização obrigatória de máscara, os candidatos deverão manter distância de 1,5m entre si. As salas terão ocupação máxima de 40% e a Fuvest irá fornecer um sachê de álcool 70% para higienização da mesa. Quem aplicar as provas estará com EPIs (equipamentos de proteção individual): máscara, face shield e luvas. 

Ainda de acordo com a Fuvest, quem tiver diagnóstico confirmado de covid-19 a partir de 1 de janeiro, quem estabeleceu contato com quem contraiu a doença a partir da mesma data ou aqueles que estão entre os casos suspeitos não devem comparecer aos locais de prova.

No dia 10, os portões serão abertos ao meio-dia. Aglomerações nos corredores antes do início da prova devem ser evitadas. Os candidatos podem saber onde farão a prova pelo site https://app.fuvest.br/login

Tudo o que sabemos sobre:
Fuvestcoronavírus [prevenção]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.