Fuvest divulga Manual do Candidato do vestibular 2012

Processo seletivo oferece 10.852 vagas na USP e 100 Santa Casa de SP; inscrições começam dia 26 de agosto

Estadão.edu

01 Agosto 2011 | 10h12

A Fuvest publicou nesta segunda-feira, 1.º, o Manual do Candidato do vestibular 2012 da USP e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. As inscrições para o processo seletivo começam dia 26 de agosto e seguem abertas até 9 de setembro, somente pela internet. A taxa custa R$ 120.

 

São oferecidas 10.852 vagas na USP e 100 na Santa Casa. A prova de primeira fase será aplicada em 27 de novembro. A segunda etapa vai de 8 a 10 de janeiro.

 

As novidades são os cursos de graduação em Ciências Biomédicas e em Saúde Pública, na capital, e as Engenharias Ambiental, de Produção e Física, no câmpus de Lorena. Cada bacharelado oferece 40 vagas.

 

Os candidatos aos cursos de Música e Artes Visuais fazem provas antecipadas de habilidades específicas entre os dias 9 e 14 de outubro. Outras provas de habilidades específicas serão realizadas de 11 a 13 de janeiro.

 

Os locais de aplicação da prova de primeira fase poderão ser consultados no dia 21 de novembro. A lista de convocados para a segunda etapa e os locais do exame serão divulgados em 19 de dezembro. A Fuvest publica a relação de aprovados no dia 4 de fevereiro, com matrícula em 8 e 9 de fevereiro.

 

Mudanças. O Conselho de Graduação (CoG) da USP aprovou este ano cinco mudanças que vão tornar o vestibular da Fuvest mais difícil. A nota da primeira fase volta a valer na pontuação final; a nota mínima para passar para a segunda etapa subiu de 22 para 27 pontos; e serão aprovados para a segunda fase de dois a três candidatos por vaga - e não mais três.

 

Além dessas alterações, o número de questões da prova do segundo dia da segunda fase foi reduzido de 20 para 16 e foi criada a possibilidade de escolha de uma outra carreira a partir da terceira chamada de aprovados.

 

Em março, o CoG havia aprovado outras duas propostas: um novo programa de inclusão que aumenta a bonificação de alunos oriundos da rede pública de até 12% para até 15%, mediante o desempenho na primeira fase do vestibular; e a autenticação das informações prestadas na inscrição da Fuvest, para identificar candidatos com ensino médio incompleto inscritos em carreiras específicas - e não como "treineiros".

 

Provas. A primeira fase será realizada no dia 27 de novembro. A prova tem 90 questões sobre o conjunto das disciplinas do ensino médio: português, história, geografia, matemática, física, química, biologia, inglês, além de algumas questões interdisciplinares. Todas são do tipo teste, com cinco alternativas, das quais apenas uma é correta. A duração da prova é de 5 horas.

 

A nota da primeira fase será utilizada tanto como critério para a progressão do candidato à segunda etapa do vestibular, quanto para o cálculo de sua nota final. O estudante que obtiver um número de acertos inferior a 30% do valor da prova de primeira etapa (o equivalente a 27 questões) será eliminado do processo seletivo.

 

As provas de segunda fase são discursivas e estão divididas em três dias. No primeiro, o candidato faz prova de redação e língua portuguesa. O segundo dia é composto por 16 questões multidisciplinares. O terceiro tem 12 questões de disciplinas mais voltadas à carreira escolhida pelo candidato. A duração da prova é de 4 horas a cada dia.

 

A lista de livros obrigatórios é a mesma desde 2010. Confira os títulos:

 

Auto da barca do inferno - Gil Vicente

Memórias de um Sargento de Milícias - Manuel Antônio de Almeida

Iracema - José de Alencar

Dom Casmurro - Machado de Assis

O Cortiço - Aluísio Azevedo

A Cidade e as Serras - Eça de Queirós

Vidas Secas - Graciliano Ramos

Capitães da Areia - Jorge Amado

Antologia Poética (com base na 2ª ed. aumentada) - Vinícius de Moraes

Mais conteúdo sobre:
USPFuvestVestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.