Epitacio Pessoa/AE-8/1/2012
Epitacio Pessoa/AE-8/1/2012

Fuvest aplica hoje a última prova da 2.ª fase

Candidato terá de responder a 12 questões de duas ou três matérias relacionadas à carreira em que ele se inscreveu

Estadão.edu

10 Janeiro 2012 | 00h14

SÃO PAULO - A Fuvest aplica nesta terça-feira, 10, a terceira e última prova da etapa discursiva de seu vestibular, que seleciona alunos para a USP e a Santa Casa. Como as questões são específicas para cada carreira, estudantes apostam que este será o exame mais difícil da segunda fase.

 

O candidato terá de responder a 12 questões de duas ou três disciplinas relacionadas ao curso em que ele se inscreveu. Quem presta para Medicina, por exemplo, vai resolver perguntas de física, química e biologia. Os interessados em uma vaga no curso de Engenharia Civil da USP São Carlos deverão enfrentar itens de matemática e física.

 

Segundo o edital do vestibular, quem fizer questões de matemática hoje poderá usar esquadros, transferidor e compasso. A prova começa às 13h e vai até 17h.

 

Professores do Cursinho da Poli vão fazer a correção comentada do exame às 18h45, no estúdio da TV Estadão. A transmissão poderá ser acompanhada no site do Estadão.edu (estadao.com.br/educacao). É possível mandar dúvidas e perguntas aos docentes pelo Twitter, usando a hashtag #EduFuvest, ou pelo Facebook (facebook.com/estadao.edu).

 

A segunda fase da Fuvest começou no domingo, com a prova de português e redação. Ontem, os candidatos fizeram 16 questões sobre todas as matérias do ensino médio, exceto português. Algumas delas eram interdisciplinares.

 

Orientações

 

Estão em jogo 10.852 vagas em cursos da USP e 100 na Medicina da Santa Casa. Disputam as cadeiras 29.203 candidatos. Outros 2.300 estudantes, que ainda não concluíram o ensino médio, participam do processo como treineiros.

 

As provas estão sendo aplicadas em 42 pontos do Estado, dos quais 20 na Grande São Paulo. Os portões das escolas abrem diariamente às 12h30 e fecham às 13 horas, quando começa o exame. Atrasos não são tolerados. Os vestibulandos só podem deixar a sala de prova a partir das 15 horas.

 

Hoje, como nos outros dias, será necessário apresentar o documento de identidade original aos fiscais. Os candidatos podem entrar nas salas de prova com água e alimentos.

 

As respostas deverão ser escritas em caneta esferográfica de tinta azul ou preta, mas será permitido o uso de lápis n.º 2, borracha e régua graduada nos espaços para rascunho.

 

O edital do exame veta o uso de qualquer dispositivo móvel de comunicação, como celulares, e de computadores. Também é proibido vestir gorros e bonés e utilizar canetas marca-texto.

 

A primeira chamada de aprovados será divulgada em 4 de fevereiro. As matrículas deverão ser feitas nos dias 8 e 9 de fevereiro.

 

* Atualizada às 12h15 para acrescentar informações sobre a correção ao vivo e a foto

Mais conteúdo sobre:
Fuvest Vestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.