Taba Benedicto/Estadão
Taba Benedicto/Estadão

Fuvest anuncia novas datas do vestibular

A primeira fase ocorre em 10 de janeiro e a segunda nos dias 21 e 22 de fevereiro do ano que vem

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de julho de 2020 | 20h57
Atualizado 10 de julho de 2020 | 00h08

A Fuvest informou nesta quinta-feira, 9, que a 1ª fase do vestibular, exame para ingresso na Universidade de São Paulo (USP), será realizada em 10 de janeiro. Já a 2ª etapa do processo seletivo será nos dias 21 e 22 de fevereiro do ano que vem. As duas fases costumam ser realizadas nos meses de novembro e janeiro. 

As novas datas foram anunciadas após o governo federal informar que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em janeiro e fevereiro, por causa da pandemia do novo coronavírus. Estudantes pelo País, principalmente da rede pública, vinham apontando prejuízos à preparação dos candidatos com a paralisação das aulas. Em muitas escolas, não houve continuidade das classes por meio remoto. 

Ainda segundo a Fuvest, as inscrições para o exame ficam abertas de 31 de agosto a 23 de outubro. Serão oferecidas 8.242 vagas na USP, mais importante instituição de ensino superior do País, pela Fuvest. A universidade ainda reserva outras 2.905 vagas para ingresso pela nota do Enem. No total, são 11.147 vagas em graduações. 

De acordo com a Fuvest, “as alterações em calendário foram feitas com o objetivo de dar mais oportunidade para que os candidatos possam se preparar para o vestibular de 2021”.

A mudança no calendário do vestibular também deve afetar o início do ano letivo na USP. A divulgação da 1ª lista de aprovados é prevista para 15 de março, o que adia o ingresso, pelo menos, dos calouros. Este ano, as aulas começaram em meados de fevereiro na universidade.

Outras estaduais. Já a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) informou ontem, em nota, que vai analisar os efeitos da mudança de data do Enem, antes previsto para outubro e novembro. A previsão é anunciar mudanças nos próximos dez dias. 

Já a Universidade Estadual Paulista (Unesp) informou anteontem que é “provável” que seja adiada a realização do seu vestibular e que deve ocorrer mudança em relação às datas já divulgadas para ingresso em 2021. A mudança do Enem também pode afetar o calendário das universidades particulares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.