Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Fuvest anuncia notas de corte do vestibular 2008

Maior nota é de Medicina, com 74 pontos de 89 possíveis; convocados saem na sexta-feira

10 de dezembro de 2007 | 12h13

A Fuvest divulgou nesta segunda-feira, 10, as notas de corte do vestibular 2008 da Universidade de São Paulo (USP)Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa e Academia do Barro Branco. Nota de corte é a quantidade de respostas certas, na prova de múltipla escolha, necessária par ao candidato passar para a segunda fase. A lista de convocados será publicada nesta sexta-feira, 14.      Faça o download da lista Acesse o site da Fuvest   A maior nota de corte ficou para o curso de Medicina e Ciências Médicas, com 74 pontos. A mais baixa foi 22, dividida entre vários cursos, como Ciências da Natureza e Música.   Houve uma elevação da nota, em relação ao concurso realizado 2006, para as carreiras mais disputadas - os estudantes que entraram em Medicina neste ano, por exemplo, precisaram de 72 pontos na primeira fase, ante 74 dos que serão calouros em 2008. No caso do curso mais disputado em termos de relação candidato-vaga, Jornalismo, a nota de corte subiu de 61 para 64.   O melhor candidato chegou à marca de 88 pontos, entre 89 possíveis (a prova originalmente tinha 90 questões, mas uma foi anulada). Serão convocados para a segunda fase 34.338 candidatos.   A Fuvest anulou a questão número 86 da prova V da primeira fase realizada no dia 25 de novembro. Nas demais versões da prova, a questão aparece como K-55, Q-25, X-56 e Z-35. Segundo comunicado divulgado à imprensa, "a prova de primeira fase passa a ser constituída de 89 questões, alterando-se, no que couber, os cálculos previstos na resolução que rege o concurso vestibular".

Tudo o que sabemos sobre:
fuvestvestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.