'Futuro dos cursos será interdisciplinar', diz Capes

Documento afirma que todos os cursos terão de apresentar aspectos multidisciplinares

Bárbara Ferreira Santos, Estadão.edu

25 Março 2014 | 03h00

Como parte do Plano Nacional de Educação (PNE), que tramita no Congresso, a Capes elaborou um novo Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG) que vigora de 2011 a 2020.

O documento define novas diretrizes para a política de pós e pesquisa no Brasil. Nesse novo PNPG, o órgão afirma que todos os cursos - não só os da Área Interdisciplinar - terão de apresentar aspectos multidisciplinares. Diz também que a formação de recursos humanos dessa forma é estratégica para a agenda social e de inovação.

"A exemplo do que ocorre em outros países, como a Alemanha e os EUA, a busca da excelência e do conhecimento novo passa hoje fortemente pelas abordagens e práticas multi e interdisciplinares. O País deve se preparar para esse salto", afirma trecho do texto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.