Fundação oferece bolsas para pesquisas na Alemanha

A Fundação Humboldt, em cooperação com a Fundação Fritz Thyssen, está lançando um novo programa de bolsas para os próximos anos, a partir de 2007. O programa Bolsas Thyssen-Humboldt de Curta Duração para Cientistas Sociais da América Latina pretende dar, a cientistas latino-americanos, a oportunidade de realizar projetos de pesquisa na Alemanha.Terão prioridade projetos sobre os seguintes temas: boa governança e instituições estáveis; responsabilidade política e democratização; processo de desenvolvimento na América Latina e Europa: progressos e retrocessos; interculturalidade e integração. O trabalho de pesquisa na Alemanha deve ter a duração total de seis meses, dividida em duas estadias dentro dos períodos de férias letivas na América Latina, ou seja, entre dezembro e março. Neste período, será realizado uma vez por ano um evento conjunto de todos os bolsistas, para incentivar o intercâmbio interdisciplinar e a formação de uma rede especializada e regional. Os resultados das pesquisas serão publicados numa coletânea em vários idiomas.Ex-bolsistas da Fundação Humboldt não podem candidatar-se a este programa, mas podem requerer apoio, dentro do Alumni-Programm, para uma nova estadia de pesquisa na Alemanha.Para as primeiras bolsas, a serem concedidas a partir de dezembro de 2007, o prazo para candidatura termina em 30 de abril de 2007. O resultado deverá sair em agosto. Pré-requisitos e documentos necessários para a candidatura, bem como detalhes do programa, estão relacionados na internet.

Agencia Estado,

12 de dezembro de 2006 | 15h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.