Fundação Bradesco atende 300 mil em mobilização

O Dia Nacional de Ação Voluntária, promovido no último fim-de-semana, atendeu mais de 300 mil pessoas nas 40 escolas da Fundação Bradesco em todo o Brasil, segundo levantamento concluído nesta quarta-feira. Cerca de 7 mil pessoas, entre alunos, professores e funcionários, além de médicos, dentistas, nutricionistas, enfermeiros, psicólogos e advogados, trabalharam como voluntários.As pessoas atendidas são de comunidades carentes e usufruíram de mais de 650 serviços e atividades desenvolvidas nas áreas de saúde, cidadania, arte, meio ambiente, tecnologia, esporte e lazer. As palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis e combate ao uso de drogas, além da medição de pressão e exame de diabetes, foram as atividades mais procuradas.Milhares de pessoas tiveram a oportunidade de tirar documentos, como carteiras profissional e de identidade. As escolas de Ceilândia (DF), Manaus e Aparecida de Goiânia (GO) foram as mais procuradas. Juntas, realizaram 25% dos atendimentos em todo o País.

Agencia Estado,

10 de março de 2004 | 11h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.