Fim de ano: hora de relaxar ou de estudar?

O que fazer entre a ceia do Natal e o champanhe do réveillon? É hora de estudar ou de relaxar? Para essas perguntas não existe consenso: cada vestibulando tem uma receita toda especial para aproveitar o feriado prolongado de fim de ano. Mauro César Terra Pinto, de 19 anos, por exemplo, vai apostar em um mix de estudo e diversão. Nos dias anteriores e logo depois do Natal, ele será todo dos livros. A partir de 28 de dezembro, quer garantir um belo bronzeado. ?Vou para Florianópolis?, diz Mauro. ?Só sei que os livros vão ficar bem longe da mala, porque não dá para aproveitar a viagem se você fica pensando nas matérias.? A possibilidade de ser deixado para trás pela concorrência na segunda fase da Fuvest não o assusta. ?Não vai fazer diferença eu ficar me matando agora?, afirma o aluno do Cursinho da Poli. ?A concorrência para História não é alta e eu tirei boas notas na primeira fase, graças a tudo que estudei desde janeiro.? Sua colega Maria Edna da Silva Gomes, de 22 anos, também vai viajar, mas as apostilas e livros vão junto com ela para Itanhaém. ?Pretendo seguir a tática que adotei o ano todo: estudar e relaxar ao mesmo tempo.? De acordo com ela, a revisão será feita com calma, sem grandes exigências ou com rotina definida. ?Quem se cobra demais acaba ficando nervoso e é aí que a coisa não sai. Já vi muita gente boa que não conseguiu passar no vestibular por causa do estresse.? Maria Edna fala com a experiência de quem está tentando o vestibular da Fuvest pela segunda vez. ?Este ano consegui passar para a última fase de Letras e vou fazer a prova com força total.?

Agencia Estado,

19 de dezembro de 2002 | 16h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.