Fies vai receber crédito extraordinário de mais de R$ 1,6 bilhão

Governo alega que houve aumento na procura por financiamentos no ensino superior

Estadão.edu, com Agência Brasil,

01 Abril 2013 | 20h55

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai receber crédito extraordinário de R$ 1.683.716,400 para beneficiar alunos de cursos de graduação matriculados em universidades privadas.

 

De acordo com a Lei 12.791, assinada pela presidente Dilma Rousseff e publicada nesta segunda-feira, 1.º, no Diário Oficial da União, os recursos virão do superávit financeiro apurado no Balanço Patrimonial da União do exercício de 2011.

 

A lei é originária da Medida Provisória 588/12, aprovada este ano pelo Congresso. A medida visa a garantir o acesso de estudantes ao ensino superior não gratuito, por meio de novos financiamentos, e dar cobertura aos aditamentos semestrais de renovação dos contratos do Fies formalizados até o ano de 2011.

 

O governo justifica o crédito extraordinário alegando que houve aumento na procura por financiamentos com recursos do Fies. Consta no texto da medida que ela deve complementar o valor necessário ao financimento devido à "insuficiência de dotação na Lei Orçamentária Anual de 2012".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.