Fies registra 210 mil inscritos em meio às mudanças

O período de inscrições teve início em fevereiro e vai até o dia 30 de abril, mas o Ministério da Educação (MEC) já sinalizou que a data pode ser prorrogada

O Estado de S. Paulo

01 Abril 2015 | 16h00

O governo federal divulgou nesta quarta-feira, 1, que cerca de 210 mil estudantes solicitaram adesão ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) neste ano, após a mudança nas regras que barra alunos que tiveram nota inferior a 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou zeraram na redação. O período de inscrições teve início em fevereiro e vai até o dia 30 de abril, mas o Ministério da Educação (MEC) já sinalizou que a data pode ser prorrogada.

De acordo com o MEC, cerca de 70% dos inscritos no Enem em 2014 teria nota compatível para inscrição no Fies com as novas regras. Nos últimos dois meses, alunos de todo o País e instituições de ensino registraram dificuldades em efetuar aditamento de contratos e novas matrículas. 

O programa também enfrenta uma batalha judicial com as instituições de ensino, que pleiteiam reajustes nas mensalidades superior ao teto de 6,4% estabelecido pelo Fies. No final de março, a presidente Dilma chegou a admitir que o governo federal cometeu "erros" no Fies, ao passar às instituições privadas o controle das matrículas que seriam financiadas com subsdídio federal. 
Mais conteúdo sobre:
fies

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.