FGV prepara cursos específicos para esse público

A Fundação Getulio Vargas (FGV) criou um programa responsável por personalizar cursos para trainees de acordo com a demanda das empresas. O FGV in company oferece cursos e treinamento para esses jovens focado no modelo de negócio da empresa. A diretora do FGV in company, Goret Pereira Paulo, informa que há programas voltados ao mercado financeiro, varejo, indústria, transportes, "com foco na estratégia da empresa".

25 Março 2013 | 11h49

Durante o programa, os participantes assistem a palestras dos executivos da companhia. "Além de uma visão sistêmica da empresa, eles têm contato com gestão de pessoas e liderança", diz.

O FGV informa que o setor in company nasceu em 2005, devido à necessidade das empresas por um produto (cursos específicos para cada empresa) que não estava disponível no mercado. Para Goret, essa é a resposta ao mercado, que, por sua vez, confirmou essa tendência por especialização. "O trainee chega à empresa com necessidade de vivência operacional, de conhecer uma grande corporação, assim nasceu a ideia de abordar o tema de forma customizada", acrescenta.

Goret diz que em 2012 foram 400 grupos treinados. Ela acredita que capacitar esses jovens é a maneira de a empresa ter retorno do investimento feito. "As empresas não querem funcionários mais sábios e sim funcionários com mais produtividade", finaliza.

 

Mais conteúdo sobre:
FGVprogramatraineepersonalizado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.