FGV põe na rede seus arquivos da História

A História do Brasil passou a chegar de graça e com alta qualidade a brasileiros de todos os quadrantes, idades e níveis culturais desde que o Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC), da Fundação Getúlio Vargas, criou em seu site o espaço "Navegando na História". Com a novidade, o CPDOC, conhecido como referência para pesquisadores, escritores e cientistas políticos, agora está se tornando obrigatório também para professores e estudantes de nível médio e usuários interessados em um relato mais simples da História.O espaço "Navegando na História" oferece dossiês sobre momentos políticos importantes da História do País: depois da "Era Vargas", relatando o primeiro período de Getúlio, e da Era JK, o dossiê "A trajetória política de Jango" está agora à disposição dos interessados. A principal característica desse espaço é a oferta de textos curtos, em estilo direto, de fácil acesso a usuários de nível médio, de maneira a oferecer descrições e análises sobre a História brasileira em linguagem mais popular. Em agosto, o espaço vai ganhar mais um item - será o dossiê da Era Vargas 2, retratando a última fase de Getúlio, desde a eleição, em 1950, até o suicídio, em 1954 - evento que completará 50 anos no dia 24 de agosto. Para os leitores mais exigentes, o portal do CPDOC oferece material mais aprofundado sobre a História do Brasil no século 20. Todas as consultas mais avançadas só podem ser feitas mediante cadastramento gratuito do internauta (já existem 35 mil cadastrados). A reprodução de textos e fotos por professores é livremente permitida, mas escritores e imprensa devem solicitar autorização para publicá-las. O endereço do CPDOC é: www.cpdoc.fgv.br.

Agencia Estado,

13 de junho de 2004 | 02h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.