Federal de Santa Maria suspende aulas até semana que vem

'Alterações e ajustes no calendário serão discutidos após período de luto', diz instituição

Estadão.edu,

29 Janeiro 2013 | 02h05

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) prolongou até sexta-feira a suspensão das atividades acadêmicas. Dos 231 mortos no incêndio, 106 eram alunos da instituição e a maioria (58) ainda estava no primeiro ano do curso. As aulas devem ser retomadas na próxima semana.

 

“As alterações e os ajustes no calendário serão discutidos após o período de luto”, informou a universidade em nota. Segundo a instituição, a tragédia “calou profundamente a comunidade universitária”.

 

Por causa da greve dos professores e servidores das universidades federais no ano passado, o cronograma da UFSM previa aulas até o dia 23 de fevereiro, quando terminaria o segundo semestre letivo de 2012.

 

As atividades administrativas estão mantidas.

 

FICHA TÉCNICA

Universidade Federal de Santa Maria

 

Ano de fundação: 1960

Alunos na graduação: 19.661

Alunos na pós: 4.640

Professores: 1.804

Técnicos-administrativos: 2.795

Orçamento: R$ 912 milhões

Mais conteúdo sobre:
Santa Maria UFSM Ensino superior Greve

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.