Febem terá Enem aplicado pelo próprio MEC

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado neste ano nas unidades da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem) pelos funcionários do Ministério da Educação. Desde 2002, a prova era ministrada pelos próprios monitores das unidades prisionais. Para aplicar a prova, eles precisavam passar por uma capacitação.A prova será realizada no dia 29. De acordo com a Febem, estão inscritos 122 meninos e meninas que cursam o 3º ano do ensino médio.Os estudantes aprovados nos vestibulares das universidades parceiras da fundação ganharão bolsas integrais, segundo o secretário estadual da Educação, Gabriel Chalita. O bom desempenho no Enem pode ajudar os menores a passar nos processos seletivos das faculdades.Das 77 unidades da Febem distribuídas pelo Estado, 41 têm estudantes que vão fazer a prova. Também devem participar do Enem 237 detentos de dez penitenciárias do Paraná, São Paulo e Rio.Para a aplicação do exame dentro da unidade prisional, foi assinado um termo de compromisso com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do MEC responsável pelo Enem. O termo garante o cumprimento de algumas normas, como a existência de local adequado para a realização das provas e a segurança dos aplicadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.