Fatecs mantêm greve iniciada em fevereiro

Professores e funcionários das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) decidiram em assembléia na terça-feira continuar em greve por pelo menos uma semana. O movimento começou em fevereiro e a reivindicação é de reposição salarial de 72,22%.Os grevistas também pedem maior dotação orçamentária e que a sua divisão passe a ser definida de maneira participativa. Uma nova assembléia foi marcada para terça-feira, quando serão reavaliados os rumos do movimento.

Agencia Estado,

31 de março de 2004 | 09h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.