Gastão Guedes
Gastão Guedes

Fatecs incluem competências socioemocionais no currículo

Faculdades de Tecnologia de São Paulo entendem que currículo exclusivamente técnico já não basta para garantir um espaço no mercado de trabalho

O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2018 | 03h00

Os cobiçados cursos para tornar-se um tecnólogo são totalmente alinhados com o perfil que o setor produtivo exige. Por isso, dentro das Faculdades de Tecnologia de São Paulo (Fatecs), os currículos não são mais focados exclusivamente nos conhecimentos técnicos dos alunos. Os futuros estudantes também precisam desenvolver outras capacidades para conseguirem se inserir com segurança no mercado de trabalho. “O setor produtivo também está muito preocupado em ter profissionais que desenvolvam suas competências socioemocionais”, afirma André Brau, professor da Unidade de Ensino Superior de Graduação (Cesu) do Centro Paula Souza.

Isso significa, segundo o docente, que os alunos precisam saber trabalhar em equipe. Desenvolver ferramentas para exercer uma liderança sadia e, em termos gerais, tratar a tecnologia de forma inovadora. “Um ponto importante, e os nossos cursos desenvolvem esta competência, é o aluno trabalhar com um problema e saber solucioná-lo”, diz Brau.

De acordo com o professor, é o próprio setor produtivo, responsável por empregar os egressos dos cursos de educação profissional das Fatecs, que tem criado uma demanda específica por jovens que saibam liderar e, quando chamados, solucionar os problemas que surgem no dia a dia.

Novidades

Na busca pela inovação que o setor produtivo exige, as Fatecs estão criando cursos que estarão espalhados pelo Estado em 2019 – entre eles, análise de processos agroindustriais, desenvolvimento de produtos plásticos e design de mídias digitais. Os alunos das Fatecs em São Paulo, além dos currículos tecnológicos e do desenvolvimento das habilidades socioemocionais, também podem fazer atividades esportivas e musicais em paralelo aos cursos.

Na Fatec da capital paulista, são 20 tipos de curso, entre manhã, tarde e noite. Pelos números oficiais do vestibular Fatec, o curso mais concorrido, com aproximadamente 13 candidatos por vaga, é o de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do período noturno. 

Mais conteúdo sobre:
Fateceducaçãovestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.