Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Falta de energia suspende atividades na Unesp de Bauru

A reitoria informou que o apagão foi causado pela queima de um transformador na cabine de força do câmpus na terça-feira, 20

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

21 Janeiro 2015 | 18h24

SOROCABA - A falta de energia obrigou à suspensão do expediente no câmpus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Bauru, na região noroeste do Estado, nesta quarta-feira, 21. Parte dos 5,1 mil alunos do câmpus que fazia reposição de aulas em razão de greves ocorridas em 2014 não pode entrar nas salas. A secretaria, bibliotecas, laboratórios e o refeitório permaneceram fechados.

A reitoria informou que o apagão foi causado pela queima de um transformador na cabine de força do campus no final da tarde de terça-feira. A avaria pode ter relação com a redução na distribuição de energia determinada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) para evitar um possível apagão. De acordo com a administração do câmpus, houve necessidade da troca de peças do transformador que não foram encontradas na região, motivando um atraso no religamento. As atividades devem ser normalizadas na manhã desta quinta-feira, 22.

A concessionária CPFL informou que a interrupção na Unesp foi causada por um problema na caixa de fornecimento de energia do câmpus e que em toda a região o fornecimento está normal.

Mais conteúdo sobre:
Apagão falta de energia Unesp Bauru

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.