Falha na inserção dos gabaritos 'já estava prevista', afirma Paulo Renato

Segundo secretário da Educação de SP, solução seria coordenador imprimir gabarito correto do site

18 Novembro 2010 | 16h46

O secretário de Estado da Educação, Paulo Renato, disse agora ao Estado que uma possível falha na inserção dos gabaritos em cada um dos 26 tipos de provas “já estava prevista”, e também “a solução, o antídoto” para tal falha, que seria: o coordenador entrar no site do exame, imprimir o gabarito correto e sanar o problema. “Em várias cidades do Estado houve troca da folha de resposta.

São 26 provas diferentes. O manual do exame já previa isto. Caso detectasse uma falha, o coordenador deveria entrar no site, imprimir o gabarito correto, substituir a folha errada e corrigir o problema. Isso ocorreu, e nenhum aluno foi prejudicado por causa desse problema”. “Como a manipulação e a inserção do gabarito, em cada tipo de prova, é feita manualmente, era previsto que ocorresse alguma falha, e para tanto já havia uma solução prevista”, disse Paulo Renato.

O que é o Saresp

Maior avaliação do ensino fundamental e médio do Estado de São Paulo, o Saresp começou ontem e termina nesta quinta-feira, 18. Os resultados do exame são utilizados como indicadores de desempenho utilizados para cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp). Cada nível de ensino e escola recebe um índice, a partir dos quais se definem metas para o ano seguinte. Com esses indicadores, as prefeituras podem estabelecer programas de incentivo à melhoria da qualidade de suas escolas pautados nos resultados de desempenho dos alunos, como o programa de bônus por resultados, do governo estadual.

Ontem, a Vunesp aplicou as provas em 8.886 escolas, envolvendo aproximadamente 78.270 turmas. Todos os alunos – do 3º ao 9 º anos do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio – fizeram testes de língua portuguesa. Os do 5º ano do fundamental tiveram exame de redação, e os alunos dos 7º e 9º anos do fundamental e da 3ª série do médio também fizeram provas de matemática.

Nesta quinta-feira, alunos da 3ª série do ensino médio fazem redação e prova de Ciências da Natureza (biologia, física e química). Também será aplicada a prova de questões abertas de matemática destinada a uma amostra de alunos dos 5º, 7º, 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do médio.

Todas as 5.054 escolas estaduais que oferecem ensino regular nos anos/séries avaliados, além de 117 Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) administradas pelo Centro Paula Souza, 3.469 escolas municipais e 255 escolas particulares estão participando do exame.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.