HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO
HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

Exame para certificação do ensino médio será aplicado em outubro

Encceja não era realizado deste 2014, mas foi resgatado neste ano porque Enem não cumprirá mais esta função

Lígia Formenti, O Estado de S. Paulo

26 Junho 2017 | 17h36

BRASÍLIA - O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), será realizado em outubro. A prova, que não era aplicada desde 2014, foi resgatada este ano como uma ferramenta para certificação da conclusão de ensino médio. Essa tarefa vinha sendo desempenhada nos últimos anos pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A  prova também poderá ser feita para a certificação do ensino fundamental. O exame, voluntário e gratuito, será realizado em um dia. Ele será composto por 30 questões de múltipla escolha para cada área e redação. Ao todo são 120 questões, menos do que o Enem, em que o candidato deve responder 180 itens. Para receber o certificado, o estudante deverá ter um índice de acerto de, pelo menos, 50% em cada área. 

“Essa é a prova adequada para a certificação. Não é uma prova mais fácil para o aluno”, afirmou a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini. “O Enem, em sua estrutura original, não é um exame para certificação do ensino médio”, acrescentou.

A estimativa é de que participem 222.180 candidatos no ensino fundamental e 815.731 alunos de nível médio. Serão 564 municípios participantes. Os alunos que receberem a certificação poderão participar do Enem somente no próximo ano.

 

Mais conteúdo sobre:
InepEnem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.