Ex-aluna de escola pública fará curso na 'universidade do futuro'

Karla Lopez ganhou prêmio para estudar na Singularity University (EUA)

Juliana Deodoro, especial para o Estadão.edu,

18 Abril 2012 | 18h51

Quando se formou no ensino médio na escola técnica Basilides de Godoy, em São Paulo, Karla Amaral Lopez, de 30 anos, não poderia imaginar que anos depois seria escolhida para ter aulas com os maiores nomes em tecnologia e empreendedorismo do Vale do Silício. Karla foi a vencedora do concurso Call to Innovation, promovido pela Fiap, e recebeu uma bolsa de estudos para o curso de verão da Singularity University (SU), cujo câmpus fica em instalações da Nasa em Mountain View, na Califórnia. “Estou muito empolgada, quero que as aulas comecem amanhã”, conta.

 

Karla foi escolhida por ter apresentado o melhor projeto empreendedor que usa tecnologia para resolver um desafio brasileiro. Chamado “Minha vida é ensinar”, propõe a criação da plataforma online Obaiti, na qual professores possam trocar iniciativas bem sucedidas nas salas de aula. Os educadores mais bem avaliados poderão vender suas sugestões no site e até gerar uma renda extra ao salário.

 

“Quis criar uma solução que fosse imparcial e independente, feita por professores e para professores. Vamos trazer as ideias extraordinárias da escola de hoje para as pessoas que estão trabalhando nas instituições brasileiras”, diz Karla. "A educação é um problema muito difícil de resolver, mas é um problema que vale a pena.”

 

A Obaiti deve entrar no ar em breve. A intenção de Karla, no entanto, é apresentá-la aos seus colegas da SU e, quem sabe, agregar mais valores e possibilidades ao projeto. “Eles me ajudarão a formatar esse modelo em algo que faça sentido para todo mundo”, afirma. “Terei um ambiente próprio para expor essas ideias, colocá-las a prova e conviver com pessoas com bagagens diferentes que só vão acrescentar.”

Mais conteúdo sobre:
Singularity Fiap Educação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.