Evolução some da lista de bolsas de estudo do governo americano

Biologia evolucionária desapareceu da lista de áreas de estudo elegíveis para as bolsas oferecidas pelo governo americano para estudantes universitários de baixa renda. A omissão é acidental, disse a porta-voz do Departamento de Educação, Katherine McLane, ouvida pelo jornal The New York Times. "Esta sempre foi uma área elegível", declarou. Outra porta-voz garantiu que a área seria recolocada na lista, mas, segundo o NYT, até a noite de quarta-feira isso não havia ocorrido.O programa oferece US$ 4.000 para estudantes de baixa renda do terceiro ou quarto ano da graduação em ciências físicas, biológicas ou da computação; matemática; tecnologia; engenharia; e línguas estrangeiras consideradas "críticas" para a segurança nacional.

Agencia Estado,

24 de agosto de 2006 | 10h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.