Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Estudantes relatam erro em lista de espera do Sisu

Segundo os relatos, estudantes que fizeram apenas uma opção de curso e não conseguiram a vaga na chamada regular não estão conseguindo participar da lista de espera

Vinícius Valfré, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2020 | 11h19

BRASÍLIA - Após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) atender pedido do governo e liberar a divulgação dos resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão usando as redes sociais nesta quarta-feira, 29, para relatar problemas na lista de espera.

Com as notas do Enem, os alunos podem se inscrever para duas opções de cursos em universidades públicas. As vagas são distribuídas conforme o desempenho dos inscritos para elas.

Segundo os relatos, estudantes que fizeram apenas uma opção de curso e não conseguiram a vaga na chamada regular não estão conseguindo participar da lista de espera.

O sistema informa que os candidatos manifestaram interesse na lista de espera da segunda opção de curso. Mas, segundo o relato dos estudantes, esse interesse não foi manifestado. "Você indicou interesse em participar da lista de espera da outra opção", diz a mensagem exibida aos inscritos.

Os relatos no Twitter estão reunidos na #erronalistadeespera e #erronosisu. O Ministério da Educação (MEC) ainda não se manifestou a respeito.

A União Nacional dos Estudantes também fez uma série de publicações criticando a suposta falha.

A estudante Maria Luiza Moraes, de 19 anos, se inscreveu apenas para vaga no curso de Psicologia, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Não foi aprovada na chamada regular e o sistema avisou que ela estava na lista de espera de um segundo curso, para o qual ela não de inscreveu. 

"Eu nem esperava ficar tão perto da vaga. Mas quando olhei o resultado tive uma esperança de conseguir entrar. E fiquei com medo de perder a oportunidade caso não consiga demonstrar interesse na lista de espera", contou. Ela disse que o sistema voltou ao normal e ela conseguiu ajustar a participação na lista de espera no final da manhã desta quarta.

No Twitter, outros estudantes também relataram que o sistema se normalizou ao longo da manhã, de modo que conseguiram preencher as listas de espera desejadas.

O cronograma do Sisu previa a divulgação de resultados na manhã de terça-feira, 28. Por conta dos erros na divulgação de resultados de quase 6 mil participantes do Enem, a divulgação foi suspensa pela Justiça Federal de São Paulo na sexta-feira, 24.

Ainda na terça, o presidente do STJ, João Otávio de Noronha, concedeu decisão liminar determinando a continuidade das etapas do Sisu. Por meio do sistema de seleção, os candidatos disputam 237 mil em universidades públicas.

Procurado, o Ministério da Educação (MEC) afirmou, em nota, que o "sistema está funcionando normalmente, neste momento". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.