Estudantes na Alesp são notificados sobre desocupação do prédio

Alunos têm até as 16h45 de sexta-feira para deixar o imóvel; caso contrário, ficam sujeitos a multa de R$ 30 mil

Isabela Palhares, O Estado de S. Paulo

05 Maio 2016 | 17h36

SÃO PAULO - Os cerca de 50 alunos que ocupam a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) foram notificados oficialmente às 16h45 desta quinta-feira, 5, da decisão judicial que determina a desocupação do prédio em 24 horas. 

Portanto, se até as 16h45 de sexta-feira eles não saírem voluntariamente do imóvel, ficam sujeitos a multa de R$ 30 mil, para cada ocupante.

Depois de serem notificados, os alunos gritaram frases de resistência, como "eu tô 'boladão', não vou deixar o Capez roubar minha merenda não" e "só saio daqui com uma CPI".

Os alunos entraram na Alesp em protesto pela instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue a Máfia da Merenda, que envolve o presidente da Casa, Fernando Capez (PSDB). Capez nega.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.