Estudantes ocupam prédio da Coordenadoria de moradias da USP

Manifestantes reivindicam melhores condições de moradia e conclusão de obras de novo bloco

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

18 Março 2010 | 06h10

Manifestantes pedem transparência no processo de seleção dos moradores do Crusp

 

SÃO PAULO - Estudantes da USP, moradores do Conjunto Residencial da USP (Crusp), ocuparam, por volta das 2 horas desta quinta-feira, a sede da Coordenadoria de Assistência Social do conjunto, na Cidade Universitária, zona oeste de São Paulo.

 

Os estudantes aprovaram a ocupação em assembleia, que teve início por volta das 23 horas de quarta-feira, 17, e durou aproximadamente três horas. Os manifestantes, cerca de 60, reivindicam melhores condições de moradia, transparência no processo de seleção dos moradores do Crusp e conclusão das obras de construção de um novo bloco de apartamentos.

 

O prédio começou a ser erguido em 2008. A ocupação, por enquanto, é tranquila. Os estudantes, que montaram uma barraca do lado de fora do prédio da coordenadoria, são observados à distância por integrantes da segurança da USP.

 

blog Acompanhe mais notícias sobre a invasão no blog do Estadão.edu

Mais conteúdo sobre:
Usp Crusp ocupação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.