Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Estudantes ocupam escola em Fortaleza

Centro de Aprendizagem e Integração de Cursos Maria Alves Carioca, no bairro Bom Jardim, em Fortaleza, foi tomada na quinta

Carmen Pompeu, O Estado de S. Paulo

02 Maio 2016 | 03h00

FORTALEZA - Em apoio à greve dos professores da rede pública estadual cearense, estudantes ocupam, desde quinta-feira, 28, a Escola Maria Alves Carioca, no bairro Bom Jardim, periferia de Fortaleza. Os estudantes cobram do governo estadual uma discussão popular sobre o cardápio da merenda e o aumento da verba destinada à alimentação – atualmente, de R$ 0,31 por aluno; passe livre no transporte público; e inclusão de estudos das questões de gênero na grade curricular.

Os professores estão em greve desde o dia 25 do mês passado, afetando as aulas de 445 mil estudantes. A categoria pede reajuste salarial de 12,67%; melhorias nas condições de ensino e nas estruturas das escolas; liberação de processos relativos à estabilidade, ascensão funcional e progressão; manutenção e ampliação dos espaços pedagógicos; e regulamentação do pagamento da verba da merenda escolar.

Mais conteúdo sobre:
FORTALEZA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.