Estudantes franceses terão lap tops a 1 euro por dia

Pelo preço de um simples cafezinho, 1 euro por dia, todo estudante universitário francês poderá adquirir um computador equipado com acesso à internet sem fio. Esse projeto foi lançado na terça-feira, dia da volta às aulas universitárias. O Ministério da Educação francês espera beneficiar 2,282 milhões de estudantes.Para comprar os notebooks, os estudantes terão um empréstimo bancário com taxa reduzida - 3,5% por ano -, um máximo de 36 meses para pagar e um preço total de US$ 1 mil por unidade.Diversos fabricantes e nove bancos assinaram um acordo com o ministério e oferecem 30 modelos de computadores, o que fará progredir o índice de equipamento dos universitários franceses de 8% para 17% em um ano.Os estudantes mais abonados poderão optar por computadores mais sofisticados, a um preço que varia entre US$ 1.500 e US$ 2 mil, com pagamentos mensais um pouco superiores a 30 euros.Medidas especiais aos mais desfavorecidos serão adotadas paralelamente, entre elas o empréstimo gratuito de computadores durante a jornada de estudos.Segundo Benoit Sillard, responsável pelo setor de tecnologia de informação do Ministério da Educação, "todos os modelos respondem a um critério de qualidade que garante desempenho mínimo totalmente aceitável", daí a crença de que a iniciativa terá grande êxito.Sillard explica que não se trata de empurrar aos alunos modelos que começam a envelhecer, pois todos os fabricantes fizeram esforços propondo modelos com uma configuração especial para os estudantes. As configurações, aliás, serão revistas a cada três meses, o que permitirá integrar as últimas melhorias.

Agencia Estado,

29 de setembro de 2004 | 14h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.