Estudantes fazem passeata em Salvador

O centro e a orla da capital baiana ficaram congestionados entre o final da manhã e o início da tarde desta quarta-feira devido a mais uma manifestação conjunta de estudantes universitários e secundaristas. Cerca de mil jovens protestavam contra a reforma universitária e reivindicam a concessão de passe livre no transporte coletivo para todos os alunos de Salvador.Os estudantes se reuniram na Praça Piedade no centro e seguiram para a Estação da Lapa, o maior terminal da cidade, situada próximo à concentração. Eles passaram então a interromper o trânsito da Avenida Joana Angélica. A manifestação engarrafou o tráfego da região das 11h00 às 13h00, quando os estudantes começaram a se dispersar.Na Avenida Manoel Dias da Silva, no Bairro da Pituba, na orla outro grupo de manifestantes interrompeu o tráfego para pedir o passe livre.Os estudantes da Universidade Federal da Bahia estão em greve há 72 dias. A paralisação divide os universitários e muitas escolas já decidiram voltar às aulas. Os grevistas apresentaram uma extensa lista de reivindicações encabeçada pela reabertura do restaurante universitário, a implantação de uma linha de ônibus exclusiva entre os campi e a contratação de segurança particular para coibir os assaltos nas unidades da UFBA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.