Estudantes fazem manifestações por vagas nas federais

Universitários e secundaristas estão promovendo uma série de manifestações em capitais brasileiras na chamada Semana de Ocupação das Universidades Públicas. Os protestos são organizados pela União Nacional dosEstudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e entidades ligadas ao movimento negro e à Igreja Católica, que reivindicam mais vagas no ensino público.O movimento, que começou na terça-feira, defende a aprovação de um projeto de lei que reserva 50% das vagas nas universidades federais para estudantes de escolas públicas e um plano nacional de assistência estudantil.Nesta quarta-feira, pela manhã, houve ato público na Faculdade e Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), segundo informa a Agência Brasil. E estão previstas manifestações nas federais de Minas Gerais, em Belo Horizonte, e do Paraná, em Curitiba.Na terça-feira, manifestantes invadiram o pátio da Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), em São Paulo, e se acorrentaram (foto).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.