Estudantes fazem campanha por mais verba para a educação

A iniciativa defende a aplicação de 10% do PIB na área, proposta que é discutida no Congresso

Agência Brasil,

24 Outubro 2012 | 14h54

A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e a União Nacional dos Estudantes (UNE) irão procurar senadores para defender a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE).

Depois do segundo turno das eleições, a entidades lançarão a campanha Somos todos 10%. A UNE vai distribuir 70 mil jornais, além de cartazes e adesivos, chamando os estudantes para a campanha.

A presidente da Ubes, Manuela Braga, diz que a educação básica é carente e tem grandes desafios, como a evasão escolar e qualidade do ensino. "A destinação de 10% do PIB para a educação vai nos colocar em outro patamar. Esses recursos darão melhor estrutura, além de remunerar melhor os professores", disse Manuela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.