Estudantes fazem campanha por mais verba para a educação

A iniciativa defende a aplicação de 10% do PIB na área, proposta que é discutida no Congresso

Agência Brasil,

24 de outubro de 2012 | 14h54

A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e a União Nacional dos Estudantes (UNE) irão procurar senadores para defender a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE).

Depois do segundo turno das eleições, a entidades lançarão a campanha Somos todos 10%. A UNE vai distribuir 70 mil jornais, além de cartazes e adesivos, chamando os estudantes para a campanha.

A presidente da Ubes, Manuela Braga, diz que a educação básica é carente e tem grandes desafios, como a evasão escolar e qualidade do ensino. "A destinação de 10% do PIB para a educação vai nos colocar em outro patamar. Esses recursos darão melhor estrutura, além de remunerar melhor os professores", disse Manuela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.